Publicações OAB-GO

20/06/2022 09:00

Em ação solidária, CASAG entrega cobertores e agasalhos a pessoas em situação de rua

A Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (Casag) entregou na noite de quarta-feira (15/6) mais de 60 cobertores, mantas, roupas e calçados a pessoas em situação de rua, resultado da campanha de arrecadação feita em parceria com a Comissão da Advocacia Jovem (CAJ) da OAB-GO.

O grupo voluntário se concentrou na unidade do Meu Escritório no Centro de Goiânia para realizar a distribuição ao longo da Avenida Goiás. O percurso seguiu pela Avenida Independência, Rua 44, Avenida do Contorno, retornou para a  Avenida Independência, seguiu na Avenida 24 de outubro, foi ao Setor Campinas até a praça Cel Joaquim Lúcio, depois foi ao Setor Aeroviário e retornou para a Avenida Goiás. 

Participaram a vice-presidente da Casag Néli Carita, a secretária-geral da OAB-GO, Talita Hayasaki, diretoras adjuntas da Casag Elisama Borges, Rayenne Cristina e o diretor adjunto João Carlos Tomás, a presidente da CAJ, Tatiany Da Mata, o secretário geral da CAJ, Igor Matheus Rezende, as integrantes da Subcomissão CAJ Solidária, Poliana Amorim Barbosa, Juliana Vilarinho e Tatielly Rabelo e a estudante de Direito Patrícia Benchimol.

"Temos a Casag cumprindo sua missão de assistência e a mensagem de estímulo à solidariedade àqueles que tanto precisam", afirmou a vice-presidente da Casag, Néli Cárita. 

A secretária-geral da OAB-GO Talita Hayasaki enalteceu a importância da ação solidária e da participação na noite de entrega, devolvendo um pouco de dignidade, carinho e respeito.

O secretário-geral da CAJ, Igor Matheus Rezende, destacou o papel social da advocacia no engajamento em ações que estimulam a solidariedade.

Campanha

Os itens que foram arrecadados na campanha também serão doados a instituições de assistência com atuação em Goiás, que fizeram cadastro prévio. 

A campanha recolheu doações em pontos de arrecadação nas sedes da CASAG, OAB-GO, ESA-GO, CEL e nas salas da Ordem nos Fóruns de Goiânia.

Outras formas de participar da campanha foram por transferência para conta bancária, pix e na compra do livro “Código de Processos Sobrenaturais”. Os valores totais arrecadados foram revertidos para a campanha.

Compartilhar: