Publicações OAB-GO

22/03/2021 14:00

Pandemia gera alta procura de advogados pelo ADVMed

Mais um serviço com a chancela de excelência da OAB/CASAG, fruto de uma gestão pró-ativa, o ADVMed é sucesso na advocacia goiana. Lançado em dezembro de 2020, dentro do moderno conceito ADVOnCASAG, e entrando em operação em janeiro deste ano, o inédito serviço já atendeu o total de 1.674 advogadas e advogadas em Goiás, segundo balanço realizado pela Caixa de Assistência dos Advogados até 28 de fevereiro, permitindo atendimento de saúde moderno, rápido e confiável com médicos generalistas. Além disso, oferece maior segurança aos usuários em tempos de pandemia da Covid-19, porque as consultas são realizadas sem a necessidade de se deslocar até um consultório médico ou laboratório.

“O ADVMed garante atendimento de qualidade aos advogados e sua família”, afirma o advogado Victor Benedito Otaviano Ferreira, de Bela Vista (GO). Sua esposa, Camila Soares Barbosa Otaviano, foi quem recorreu ao serviço. “É muito simples e o atendimento, rápido e eficiente. Tive duas experiências e, em uma delas inclusive, recebi a própria receita por SMS no celular”, conta. A advogada Pamera Larissa Mendes de Oliveira também aprovou o atendimento do serviço pioneiro da CASAG. “Excelente a iniciativa. Adorei. O médico foi extremamente atencioso e muito educado”, enfatiza. “Agradecemos ao doutor Rodolfo Mota e toda sua equipe pela entrega deste importante benefício para toda a advocacia goiana”, completa Victor Benedito.

Primeiro plano integral e universal de assistência à saúde, o ADVMed permite acesso a atendimento médico totalmente gratuito à advocacia e seus familiares.  É 100% online e acessível pelo celular ou computador (com câmera e microfone), por meio do hotsite www.advmedonline.com.br, com interface, responsiva, interativa e de fácil utilização. Nele, advogadas e advogados agendam e realizam consultas médicas, também marcam consultas presenciais, exames em laboratórios e verificam prontuários eletrônicos.

Os atendimentos são realizados por uma equipe de 50 médicos generalistas, que trabalham em escala de plantão. Em breve, haverá aplicativo próprio do ADVMed para os sistemas Android e IOS.

Agilidade no atendimento

Outra comodidade para os usuários do serviço de saúde da CASAG é a rapidez. Em 65,6% dos atendimentos, o tempo de espera foi de no máximo três minutos, sendo a média de 2 minutos e 12 segundos. Aspecto elogiado pela advogada Cintia de Jesus Rocha. “Já usei e recomendo”, frisa. O reflexo direto é a satisfação dos usuários. Segundo consta no relatório consolidado de fevereiro, em uma avaliação que vai de 1 (mais baixa) a 5 (mais alta), 62% atribuíram a nota mais alta para o serviço. Em relação aos profissionais de saúde, essa avaliação aumenta para 81,85%.

Os números atestam a satisfação e a confiança da advocacia no sistema, dado que 84% dos usuários são advogados titulares, enquanto 16% foram dependentes. A faixa etária que mais utilizou até agora o ADVMed está entre 30 e 39 anos. Os dados foram fornecidos pela On Santé, do Grupo Fleury, uma das maiores empresas especializadas em teleconsultas médicas do País e contratada para operacionalizar o serviço da CASAG. Atua em São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Ceará, Roraima e Piauí.

De acordo com o presidente da CASAG, Rodolfo Otávio Mota, o ADVMed já é um grande case para o Brasil. “Uma solução universal para advocacia, que atende em qualquer lugar do mundo; sete dias por semana, 365 por ano, 24 horas por dia. Não só o advogado, mas sua esposa e filhos menores de 18 anos”, afirma. “Inclusive com prescrição de receitas, exames, integrada a um concierge emergencial, para que possamos levar a interlocução com os poderes públicos para aqueles advogados que não têm condições de ter atendimento na rede privada”, garante o presidente.

Rodolfo Mota explica ainda que a Caixa de Assistência viabiliza aos advogados um desconto, um valor diferenciado, para que sejam atendimentos na rede hospitalar de alto custo. Aos com planos de saúde, o intuito é garantir o intercâmbio para fazer a transcrição de pedidos e encaminhamentos. “No momento de mais agrura como o que estamos enfrentando por causa da pandemia da Covid-19, de mais insegurança, nós não negligenciamos e não paramos de trabalhar. E na crise, trouxemos alternativas e soluções, via tecnologia, que o Brasil ainda não havia pensado, para entregá-la de forma gratuita à advocacia. A gente vê alguns ensaios, mas nada nessa envergadura, e nada com esse propósito de universalizar a assistência à Saúde de forma gratuita e plena.”

Compartilhar: